Hoje-em-dia, o tipo de fotos que eu faço mais é de decoração de eventos da Clarissa Rezende (minha esposa) e quase sempre em situações de luz muito difíceis: pouca luz em quase todo o lado e spotlights em pontos mais interessantes, como bolos, pratos, arranjos de flores, etc.

Isso faz com que a foto fique difícil. As escolhas são:

  • Sem flash
  • Flash + luz ambiente
  • Flash que domina a luz ambiente
  • HDR (múltiplas exposições)

Existem prós e contras em cada uma das escolhas acima (fica para outro post) e aqui vou falar da técnica que tenho vindo a usar mais nos últimos tempos: HDR.

HDR (High Dynamic Range) é a técnica de tirar várias fotos com exposições diferentes e depois combina-las em uma foto só, retirando de cada os detalhes mais interessantes (as sombras das fotos com maior exposição e as luzes das fotos com menos).

Esta técnica já é bem conhecida mas ainda não muito aplicada já que requer mais planejamento e processamento.. noto que em casamentos quase ninguém faz HDR em decoração (não dá para fazer em pessoas, note-se) e, na minha opinião, é uma pena pq muitas vezes vejo fotos lindas mas muito estouradas numa parte e pretas em outras.

Bom, voltando ao HDR, existem muitas maneiras de fazer e venho aqui partilhar a fórmula a que cheguei nos últimos meses.

  1. 3 exposições com 2 stops de distância entre cada (-2, 0, +2)
  2. Juntar as fotos no Photomatix
  3. Juntar a foto de exposição normal com a saída do Photomatix

Vamos ver cada um desses passos com mais detalhe..

 

3 exposições com 2 stops de distância entre cada

Programar a máquina para tirar as fotos, colocar no tripé e mandar bala!
Em um outro post falo de coisas a tomar cuidado ao tirar estas fotos..

Exposição normal
Exposição normal

  • Aperture: ƒ/9
  • Camera: Canon EOS 5D Mark III
  • Taken: 06 Jul 2013, 10:06pm UTC
  • Flash fired: no
  • Focal length: 105mm
  • ISO: 200
  • Shutter speed: 5s

2 stops para baixo e 2 stops para cima.2 stops para baixo e 2 stops para cima

Juntar as fotos

A maioria das máquinas hoje já têm a função de HDR embutida! Vejam o resultado abaixo.

O resultado é ok, mas não temos controle do que como sai. Pessoalmente, eu prefiro gastar um pouco mais de tempo e saber que posso fazer ajustes no caminho!   :-P

Imagem HDR saída da camera.
HDR saído da camera

Para juntar as imagens, uso o Photomatix que, na minha opinião, produz resultados melhores que o Photoshop (neste momento tenho o Photomatix 4.2.7 e Photoshop CS6).

Imagem HDR saída do Photomatix.
HDR saído do Photomatix

Juntar a foto de exposição normal com a saída do Photomatix

A foto que sai do Photomatix tem toda a gama de luz, mas normalmente é um pouco surreal..  meio que dá para ver que foi colocado um efeito e ficou estranho. Para voltar a colocar a imagem mais “normal”, mas ainda com todos os detalhes nas sombras e luz, faço uma nova combinação da foto HDR com a foto de exposição normal.

A fórmula aqui é: no Photoshop, duas layers – HDR em cima, exposição normal em baixo. Coloco a foto HDR com cerca de 50% opacidade e voilá!

Imagem final.
Imagem final

Antes (exposição normal) e depois (imagem final)